Stolen, Lucy Cristopher

19:55


Hoje resolvi trazer-vos a opinião do último livro que li: Stolen de Lucy Christopher. Eu li este livro em conjunto com a Chris do Diário da Chris e infelizmente desiludimo-nos as duas com a sua leitura.

Gemma é uma adolescente normal esperando para pegar um voo no aeroporto de Bangkok com seus pais. Ao se afastar, conhece o charmoso e envolvente Ty, e nem imagina quais são suas reais intenções… Ele lhe oferece um café em que coloca algum tipo de droga. Confusa, ela é sequestrada e arrastada para o meio do deserto australiano. Ele a rouba para si, depois de anos a observando, e ainda espera que ela o ame. Os dias se passam e eles têm apenas um ao outro na imensidão vazia e escaldante do deserto, e Gemma começa a entender e conhecer Ty. É aí que os limites entre inimizade e compaixão vão ficando cada vez mais tênues… 

Este livro é um YA que muita gente gosta e tenho ouvido sempre óptimas reviews. Apesar de não ler muitos YA, este sempre me pareceu um que me iria agradar e, como tal, aproveitei para fazer uma leitura conjunta com a Chris que também estava muito entusiasmada. Infelizmente, não gostei muito do livro :(

Como não sabia muito bem como abordar esta opinião negativa sem dar muitos spoilers ou me dispersar resolvi trazer-vos 5 razões pelas quais este livro não me conquistou:

  • Não achei nenhuma das personagens interessantes. Geralmente, tenho um fraquinho pelas personagens masculinas vulneráveis e introvertidas mas o Ty nunca me conseguiu cativar..nem pela sua personalidade, nem pela sua história de vida. E sinceramente a Gemma nunca me convenceu e não senti qualquer empatia com ela apesar de ela estar a ser vítima de um rapto. Não senti profundidade em nenhuma destas personagens apesar de ver que a autora tentou imprimir algo mais nelas.
  • O ritmo é lento e a história é extremamente repetitiva. Eu gosto de livros reflexivos e com pouca acção mas aqui a história em si aborreceu-me e não me tocou. Não senti qualquer confusão ou conflito emocional ao ler o livro. Pensava que este seria um livro que me ia desafiar uma vez que aborda a temática "síndrome de Estocolmo" mas, sinceramente, acabei por o ler sem querer saber o que acontecia às personagens no final.
  • O estilo narrativo, em forma de carta, não tornou a leitura mais viciante. Uma vez que sabemos que a Gemma está a escrever ao Ty é óbvio desde o início que eles não acabam "juntos" e isso retira a tensão e intensidade do enredo. 
  • O estilo de escrita da autora também não me convenceu. Apesar de ela tentar ser poética, acabou por se tornar demasiado descritiva (o que se torna ainda mais ridículo quando nos lembramos que esta é uma carta...é suposto a Gemma ainda se lembrar de tanto pormenor?)
  • Este é um tipo de livro em que o importante não deveriam ser os acontecimentos mas sim a relação que é construída entre as duas personagens. No entanto, esta ligação entre os dois pareceu-me forçada e falsa e foi apressada na parte final do livro.

Concluindo, tenho pena de não ter gostado mas infelizmente este é um livro que não recomendo.

Título: Stolen: a letter from my captor (não disponível em Portugal) | 
Autor: Lucy Christopher | Páginas: 301
☆☆☆☆½


Sugestões

0 comentários