O novo ano de 2016

21:44


Hoje trago uma nova rubrica aqui do meu cantinho. Esta chama-se Café Virtual e é uma rubrica conjunta, com a Chris (@Diário da Chris). Todos os meses escolhemos um tema e cada uma de nós aborda-o à sua maneira, como se fosse uma conversa no café entre amigas. Para primeiro tema escolhemos o Ano de 2016.
Confesso que não sabia muito bem como abordar o tema uma vez que já vos falei dos desafios literários e cinematográficos para 2016. Acabei por decidir que ia falar um pouco com vocês porque é que eu gosto de me propor metas e desafios para cada novo ano.


A verdade é que existe muita gente que não gosta das famosas promessas de ano novo, que não fazem sentido, que são irreais, que o ano muda mas tudo se mantém na mesma. Eu não me encaixo muito nessa categoria. Eu sou uma eterna insatisfeita comigo mesma e com o mundo que me rodeia e, como tal, sinto sempre uma constante necessidade de alterar hábitos. Preciso de desafios que me mantenham motivada e de sentir que estou a caminhar para me tornar numa melhor pessoa (mesmo que isso nunca aconteça). Para além disso, eu sou uma completa viciada em listas e um ano novo é sempre um bom motivo para criar novas listas :D

E perguntam vocês: "e consegues cumprir todos as tuas metas e resoluções de ano novo?". Claro que não! Claro que, como toda a gente, tenho sempre metas mais irreais que outras. Por exemplo, todos os anos quero ser mais saudável e perder peso e, todos os anos, fracasso (pelo menos na maioria dos meses!). No entanto, sinto que vale sempre a pena tentar. Que vale muito mais a pena ir à luta e fracassar do que simplesmente me tornar apática e deixar o ano passar. No entanto, procuro sempre não me tornar uma obcecada com as novas resoluções e tento sempre relativizar as situações.

Essencialmente, gosto das resoluções de ano novo (e das outras também) porque ajudam a conhecer-me melhor, a ver o que funciona comigo e o que simplesmente nunca será uma parte importante da minha vida.




E vocês? Gostam de estabelecer metas em cada ano novo?


Sugestões

4 comentários

  1. Olá Catarina,
    Parabéns pela vosso projecto conjunto, vou acompanhar com bastante interesse =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Tita :) E estamos sempre abertas a sugestões

      Eliminar
  2. Eu também sou fã de listas e de agendas e de organização, como tal, gosto de planear todas as minhas metas e objetivos. Contudo não o costumo fazer obrigatoriamente no início de cada ano, costumo anotar para ir cumprindo, sendo flexível com os planos que tracei e não me focando obcessivamente nas metas, pois isso só me deixaria frustrada quando não as atingisse, porque lá está, todos nós fazemos planos irreais e que nunca cumprimos, sonhos para irem sendo saboreados pouco a pouco! :)
    Bom ano!! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo, é muito importante manter a flexibilidade para não darmos em doidas :) Eu antes fazia mais as metas no início de cada ano lectivo mas actualmente acabo por me guiar mais pelo novo ano.
      Obrigada e bom ano tb para ti :)

      Eliminar