TBW para sete categorias #mcineverao

22:21

Daqui a menos de 2 horas vai começar a maratona cinematográfica "CineVerão" :)
Como tal, hoje trago-vos uma lista com alguns filmes que eu gostava de ver para "preencher" algumas das categorias. Claro que esta lista não é definitiva..tenho tantos filmes para ver que posso acabar por escolher outros para ver entretanto. De qualquer modo, aqui fica a lista :) 

Escolhi 2 filmes para 7 categorias:

«ELENCO JOVEM»

- The Kings of summer (2012)Indie que me tem despertado muito a atenção; Oiço críticas muito positivas [IMDB]
Joe Toy é um adolescente que não aguenta mais viver com o pai autoritário. Quando seu amigo Patrick também briga com os pais, os dois decidem se mudar para a floresta, junto de um garoto estranho que os segue, e viverem sozinhos, longe da presença de adultos. Logo, eles aprendem como cuidar da própria comida e como construir uma casa para os três. 

The Outsiders (1983): Um clássico com um cast repleto de caras conhecidas [IMDB]
Em um subúrbio da pequena cidade de Tulsa, Oklahoma, Ponyboy Curtis (C. Thomas Howell) é o caçula de uma turma, formada ainda por Darrel Curtis (Patrick Swayze) e Sodapop Curtis (Rob Lowe). Os três órfãos tentam sobreviver onde tudo se restringe a "mexicanos pobres" e "ricaços". A trinca descende de mexicanos, amarga empregos em postos de gasolina e sofre com a perseguição da polícia. Também fazem parte da gangue Dallas Winston (Matt Dillon) e Johnny Cade (Ralph Macchio), ainda um projeto de marginal. Eles tentam vencer e amadurecer enfrentando os ricos, mas nem tudo acontece como eles planejam.


«REALEZA»
- The Lion in Winter (1968): Tem Katharine Hepburn e Anthony Hopkins logo já estou desejosa de o ver; além disso fala sobre uma época que me agrada muito na história da realeza inglesa [IMDB]
No Natal de 1183, o Rei Henrique II da Inglaterra (Peter O'Toole) promove uma reunião de família com seus três filhos e até mesmo com a Rainha Eleanor da Aquitânia (Katharine Hepburn), de quem ele está separado há vários anos e a mantém detida em um castelo distante, para impedir que ela interfira politicamente no seu reino. A razão deste encontro para decidir quem o sucederá no trono. Enquanto ele prefere o filho mais novo, a Rainha deseja que o mais velho herde o poder, mas os três filhos não se importam com as preferências de seus pais e cada um planeja ser o próximo rei. Este quadro gera diversas maquinações e alianças dentro da família real, onde o poder a única coisa, que realmente importa

The madness of King George (1994)já ouvi dizer muito bem deste filme e o tema interessa-me muito [IMDB]
A história relata os momentos no qual lucidez e loucura se alternam no monarca George III (Nigel Hawthorne), lembrado por muitos como o rei que, em razão da sua dura forma de governar, acabou perdendo as colônias na América. Quando seu estado de saúde se mostrou crítico, seu filho (Rupert Everett) tudo fez para se tornar príncipe-regente da Inglaterra.


«DUPLAS OU RIVAIS FAMOSOS»
Para esta categoria decidi que quero muito ver um dos filmes que ainda não vi com a famosa dupla romântica, no cinema e na vida real, Humphrey Bogart e Lauren Bacall.
- The big sleep (1948): [IMDB]
Um detetive particular, Philip Marlowe (Humphrey Bogart), é chamado por Sternwood (Charles Waldron), um milionário que diz que está sendo chantageado novamente, pois há dois anos pagou US$ 5 mil para que Joe Brody (Louis Jean Heydt) deixasse Carmen (Martha Vickers), sua filha mais nova, em paz. Agora Arthur Gwynn Geiger (Theodore von Eltz) quer receber alguns milhares dólares, referentes a dívidas de jogo de Carmen. Philip aconselha que a dívida seja paga, pois Carmen assinou promissórias, mas Sternwood quer de qualquer maneira ficar livre de Geiger e diz para Marlowe cuidar disto. Antes que saia da mansão Vivian (Lauren Bacall), a filha mais velha de Sternwood, fala com Marlowe e lhe pede que encontre Shawn Regan, um grande amigo de Sternwood, que desapareceu. Marlowe segue Geiger até a casa dele e fica vigiando. Então repentinamente ouve um tiro e vê um carro fugindo. Marlowe constata que Geiger foi morto e ao lado dele está Carmen, que não tem noção do que está acontecendo, pois está drogada. Ele a leva para casa e deixa Carmen aos cuidados de Vivian, construindo um álibi ao dizer para Vivian que, para todos os efeitos, Carmen ficou ali toda a noite. Porém esta era apenas a primeira de várias mortes.

- To have and have not (1944): [IMDB]
Vagamento inspirado em CASABLANCA, é, de novo, uma história de resistência e de resistentes franceses contra o governo francês de Vichy na Martinica.


«PROFESSOR»
- To sir, with love (1967): Porque eu gosto dos filmes do Sidney Poitier [IMDB]
Mark Thackeray (Sidney Poitier) é engenheiro, mas ficou desempregado e resolveu dar aulas em Londres. Ele começa a ensinar alunos majoritariamente brancos em uma escola no bairro operário de East End. Thackeray se depara então com adolescentes indisciplinados e desordeiros, e que estão determinados a destruir suas aulas. Só que o engenheiro, acostumado com hostilidades, não se amendronta e enfrenta o desafio de ensinar uma turma de baderneiros. Ao receber um convite para voltar a atuar como engenheiro, ele tem que decidir se pretende seguir como mestre ou voltar ao antigo cargo.

-  Half Nelson (2006): um indie com Ryan Gosling que recebeu boas críticas [IMDB]
Dan Dunne (Ryan Gosling) trabalha como professor em uma escola secundária, localizada na vizinhança pobre do Brooklyn. Desiludido com a realidade, ele não cumpre o currículo padrão da escola e tenta, de alguma forma, incentivar seus alunos a estudar os direitos alcançados com a Guerra Civil americana. Entretanto, fora de sala Dan recorre às drogas para superar a desilusão. Um dia ele é pego, logo após uma aula, por uma de suas alunas, Drey (Shareeka Epps). Apesar da diferença de idade e das condições sociais, eles aos poucos se aproximam.

«TOP 250 IMDB»
- On the waterfront (1954): porque já devia ter visto aquele que é considerado um dos melhores filmes de Marlon Brando [IMDB]
 “Há Lodo no Cais” conta a história de Terry Malloy (Marlon Brando), um estivador das docas de Nova Iorque que entra em conflito aberto com um sindicato que tem estreitas ligações ao mundo do crime.
- The apartment (1960): porque recentemente descobri que adoro o Jack Lemmon e ainda não vi um dos seus filmes mais emblemáticos [IMDB]
Mistura em doses perfeitas a comédia e o drama, a pureza e o cinismo. Jack Lemmon é um empregado de escritório que procura subir na hierarquia cedendo o seu apartamento para as aventuras extra-conjugais dos administradores. Até que se apaixona por uma dessas “conquistas”: Shirley MacLaine.

«ARTE»
Para esta categoria podemos escolher filmes que abordem, de algum modo, qualquer tipo de arte, desde cinema, literatura, dança, pintura, música, etc...
- Once (2006): porque vi recentemente o Sing Street do mesmo realizador e adorei [IMDB]
Dublin, Irlanda. Um músico de rua (Glen Hansard) sente-se inseguro para apresentar suas próprias canções. Um dia ele encontra uma jovem mãe (Markéta Inglová), que tenta ainda se encontrar na cidade. Logo eles se aproximam e, ao reconhecer o talento um do outro, começam a ajudar-se mutuamente para que seus sonhos se tornem realidade.

- The tales of Hoffman (1951): porque vi este ano o Red Shoes dos mesmos directores e amei [IMDB]
Adaptação da ópera de Offenbach, cantada em inglês, sobre a relação do poeta Hoffmann com três mulheres diferentes, que são outras tantas miragens, em situações manipuladas pelo diabo. Aproveitando-se da trama da ópera, Powell recusa qualquer noção de verosimilhança, nomeadamente os cenários naturais, tão frequentemente utilizados nos filmes de ópera. Leva-nos para o domínio da fantasia e do sonho, em que é um mestre.

 «ACTRIZ PREFERIDA»
Uma das minhas actrizes preferidas de sempre é Bettie Davis e, portanto, irei ver um dos seguintes filmes:
- The letter (1940): [IMDB]
Um início portentoso: Bette Davis abatendo a tiro o amante, numa atmosfera dramática que só Douglas Sirk igualará mais de 10 anos depois em "Written On The Wind". Depois, um clima típico das novelas de Somerset Maugham sobre os Mares do Sul, com a degerenescência do Ocidental em contacto com aqueles mundos exóticos. E Bette Davis é viperina como só ela sabia ser
- Dark victory (1939): [IMDB]
Um soberbo melodrama que conta a história de uma mulher rica e fútil, que é atingida por uma doença mortal. Uma das maiores interpretações de Bette Davis. 



 E pronto...aqui fica a minha lista de possíveis filmes a ver.
Evocês? Já viram algum destes filmes ou fizeram a vossa lista?

Boa sorte para quem está a participar!




Créditos sinopses: Cinecartaz e Adorocinema

Sugestões

2 comentários

  1. Olá Catarina,
    Muito obrigada pelas sugestões! Eu ainda não pensei nos filmes que vou tentar ver, mas realmente há algumas que não sei mesmo =P
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vou tentar ir colocando umas sugestões aqui no blog mas tb estás à vontade para perguntar lá no facebook. Bjs

      Eliminar